Atenção: Os recados aqui publicados são de total responsabilidade de seus autores e poderão ser excluídos se conterem caráter pejorativo, ameaças ou ofensas aos visitantes também que tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do portal.

Telefone Úteis

Horários de vans e ônibus

Portal do Guia, Seu Portal de Notícias e entreterimentos

Cabeçalho do site Portal do Guia aqui você vai encontrar sua logo e alguns de nossos anunciantes

Melhor portal de noticias do Maranhã e Tocantins



Comerciante desiste de restaurante após furtos: 'Os bandidos venceram'

Restaurante no Jardim Aureny II foi furtado três vezes nas últimas semanas. Mulher decidiu fechar as portas e deixou uma faixa com o desabafo.

Fonte: g1/to

Uma comerciante da região sul de Palmas resolveu desistir do negócio depois de ter o restaurante arrombado e furtado três vezes nas últimas duas semanas. O estabelecimento fica no setor Jardim Aureny II, em frente ao ginásio Ayrton Senna. Nesta terça-feira (8), a mulher resolveu fechar as portas e protestar com uma faixa.

A mensagem deixada pela mulher diz: "Senhores clientes, fechamos porque os bandidos venceram". Segundo Maria dos Anjos, deixar a mensagem foi uma forma de desabafar. (Veja o vídeo)

"Foi um desabafo. A forma de dizer como eu me sinto. O meu sentimento está resumido na faixa. Me sinto muito mal, como se não tivesse nenhum valor", disse.

A comerciante conta que abriu o restaurante há dois meses e foi alvo dos ladrões quatro vezes no total. Na primeira vez, segundo ela, os criminosos levaram a placa do estabelecimento.

Na semana passada, na primeira vez, eles entraram e levaram alguns eletrodomésticos. No outro dia levaram mais equipamentos, carnes, refrigerantes e botijões de gás. Na terceira vez, depois que eu tinha comprado tudo novamente, eles levaram tudo que dava e destruíram o resto", afirma.

Maria dos Anjos conta ainda que o restaurante fica em frente ao ginásio Ayrton Senna, que segundo ela é um ponto de venda e consumo de drogas. A comerciante disse que procurou a polícia, mas foi informada de que nada podia ser feito.

"Não vou abrir mais um negócio porque não aguento isso. Depois vou procurar um emprego e tocar minha vida. Eu não fui a única que sofreu furtos. Todos os vizinhos do restaurante já foram vítimas e eu fui a única que tive coragem de falar porque todos ficam com medo dos bandidos voltarem."

A Polícia Militar foi questionada sobre o policiamento na região e sobre o caso da comerciante e disse, por meio de nota, que "o policiamento está intensificado não só no Aureny II, mas em todo estado e que vem realizando diversas operações, a fim de dar à população uma maior sensação de segurança".

Ainda segundo a PM, de janeiro a novembro foram apreendidas mais de mil armas e quase 5,5 mil pessoas foram presas no estado. Porém, a polícia não mencionou o caso da comerciante na resposta enviada.


  • GUIA COMERCIAL

    Aqui você encontra as
    melhores empresas

  • Publicidade



Nóticias do mundo e promoções

  • Mural de recados

    Mural de recados Escrever recados
    • De:

      Cidade:

    • De: Aldo

      Cidade: Maria Vicente

      Bom dia amanha bem está indo o vereador ok

    • De: Adinaldo

      Cidade: galera do vascão

      ola pessoal o vasco vai conseguir uma façanha que jamais outro time profissional conseguiu voltar a segundona pela 2º vez

    • De: Adinaldo

      Cidade: Helismar (vereador)

      Boa tarde vereador manda as cópias dos requerimentos, ou seja as matérias de sua autoria aprovada no mês de junho, para publicar no site.

    • De: Comunik

      Cidade: A quem interessar

      A empresa comunik atuando a mais de 10 anos no segmento de comunicação visual na cidade de Estreito, vem comunicar a todos os interessados profissional liberal, prestador de serviços, empresas,etc... que no mês de julho está com grandes promoções tan

Publicidade